terça-feira, 9 de março de 2010

Meus olhos brilham quando...


Meus olhos brilham por tantas coisas
Por amigos verdadeiros, pela felicidade momentânea, pelos que se foram, pelos q vieram
Brilham de maneiras diferentes, com mais intensidade, as vezes com menos.
Pela saudade antecipada de quem partirá mais cedo ou mais tarde
Pela alegria vivida em um tempo bom que se foi e retorna em lembranças muito vivas
Brilha pela vida.

7 comentários:

Daniel Savio disse...

E brilhe mesmo pela vida, para não se arrepender de nenhum momento...

Fique com Deus, menino Rafael.
Um abraço.

Leandro blogger disse...

Nossa cara, palavras lindas e profundas.
Teu coração devia gozar de uma paz nirvanica enquanto escrevia.
Parabéns cara

Thiago dos Reis disse...

mto bom

Mary_Flor disse...

Nossos olhos, expressões...
Sempre são muito mais reveladoras que as palavras.
Lindo texto.

Boijão grande
Boa semana

Mundo do Gê disse...

"Pela saudade antecipada de quem partirá mais cedo ou mais tarde"
Adorei essa parte...porém é uma dura realidade...às vezes me pego pensando que quem faz parte da nossa vida...de um momento para outra deixa de fazer ao menos fisicamente...É Viver é morrer aos poucos todos os dias...
Um forte abraço...!

Ana disse...

olá
não apenas seus olhos tem q brilhar, mas seus corpo, sua alma
e brilhar por tudo, até por aquilo q não é bom, pq se vê na dificuldade a chance de superação

obrigada por comentar no meu blog

beijosss ^.^

suellen nara disse...

adoro essas sensibilidades...
valeu passar por aqui.

metrópole

metrópole
Estava chovendo lá fora

Preocupação com simetria, exatidão, ordem, seqüência ou alinhamento