quinta-feira, 30 de abril de 2009

Sem título

 Em uma quinta feira, véspera de feriado, lá estava ele com um amigo astrólogo que resolveu traçar o mapa astral dos gatos que a gata paria, e uma garota do sul na qual escrevia poemas pelos cantos.
 Havia dias em que nada de interessante acontecia
e sua vida parecia correr um serio risco
 Mas la estava ele
com a garota bonita passando-lhe um de seus poemas
na qual não havia título mas ele sugeriu algo
que ela gentilmente aceitou.
 A conversa continuou por um bom tempo
 Ele teria chamado seu amigo monge pra um papo sobre gatos e seus ascendentes em capricórnio com plutão na casa 12, em um café.
 E também teria convidado a garota do sul para tomar um chocolate quente que a mesma reclamava do frio
 Mas todos se foram, inclusive ele.

Dedico a Débora Kayser Mertens, a garota da foto

6 comentários:

Déh Kayser disse...

óin muito lindo...melhor chocolate quente que tomei com alguém, mesmo não estando ao seu lado!!!Já faz parte da minha vida...conquistou meu coração!!!Te adoro para sempre ♥

Carla P.S. disse...

Mas o bom disso mesmo, era a paixão e a amizade. Entre todos.
Um café pra ti tb, já no feriado. =)

Belinha disse...

Garoto esse poema foi muito bom para mim.

Belinha disse...

é mais de quem é a música
Eu gosto de letras assim.

Philip Rangel disse...

Fala Rafael qnto tmepo...sumiu de mais....como anda????

amizade ne..

abraços

Daniel Savio disse...

Cara, fala sério que um monge fez o mapa astral dos gato?

Pelo menos o gatinhos são de raça?

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Fique com Deus, menino Rafael.
Um abraço.

metrópole

metrópole
Estava chovendo lá fora

Preocupação com simetria, exatidão, ordem, seqüência ou alinhamento