quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Traços do tempo


Seus cabelos antes escuros se tornaram grisalhos
Suas mãos fortes e hábeis se tornaram frágeis e delicadas
O espelho não é mais tão solicitado, pois a imagem refletida não agrada como o agradara aos vinte.
As lembranças levadas pelo vento da nova estação se misturam com as folhas secas no gramado.
O silêncio e a escuridão parcial transbordam sua vista de tristeza e solidão.
Temer o tempo não é ser fraco, é humano.
Desumano é esquecer o humano que o tempo enfraqueceu.

9 comentários:

Anderson Emídio disse...

Olá Rafa.
Parabéns!!!
Nossos idosos não tem o reconhecimento que mereciam das autoridades e de algumas famílias.
Muitos se esquecem que a idade chega para todos nós e algumas coisas jamais serão como antes.
A dedicação e história que eles construíram precisam ser respeitadas.

Forte Abraço

Carlota disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlota disse...

lindo Rafa!!

O tempo mostra não a velhice, mas as experiências contidas
onde podemos aprender muito enquanto viver.

Quando a velhice chegar, aceite. Ela é abundante em prazeres se souber amá-la. Os anos que vão gradualmente declinando estão entre os mais doces da vida de um homem, Mesmo que tenha alcançado o limite extremo dos anos, estes ainda reservam prazeres

Pedro Berocan disse...

Rafa
Muito bom seus versos
Vamos esquecendo as coisas
Vamos sendo esquecidos
Realmente devemos tratar os idosos
Com carinho e atenção

Abraço

Tata disse...

Oi,

Encontrei seu blog no blog de um amigo....e....que delícia de blog!!!Parabéns!!!

Vc escreve bem, é gostoso de ler!
Vou te linkar para não perder um café!!!Bom encontrar blogs como o seu!

Tauana disse...

O tempo é uma faca de dois gumes, nos rouba a beleza e a jovialidade, mas em contrapartida nos dá experiência de vida e maior sobriedade...

Lindos seus textos..

Beijos Rafaelzinho.

mano maya kosha disse...

e é assim que lidamos com vidas, nem sempre, dignamente valorizadas, experiências construídas no tempo, desfocadas no lamento, vivenciadas, só pensamentos ... não é questão do espaço para recomeçar, mas da mão, que ainda quer o que fazer

Cadinho RoCo disse...

O tempo pode até enfraquecer o corpo humano, mas fortalece em muito a experiência humana.
Cadinho RoCo

Daniel Savio disse...

Vim retribuir a visita...

Gostei do seu texto sobre os Traços do Tempo, sendo que é engraçado que a cada segundo ficamos mais velhos, mas só nos percebemos como anciões quando o vigor nos abandona.

Cara, vou te visitar sempre, está bem?

Fica com Deus, menino.
Um abraço.

metrópole

metrópole
Estava chovendo lá fora

Preocupação com simetria, exatidão, ordem, seqüência ou alinhamento