domingo, 16 de março de 2008

Universo paralelo



O que havia antes do big bang?
Faríamos nós, parte de constantes universos paralelos?
Eu fico confuso só de tentar imaginar que em alguns lugares posso ter morrido,
em outros estar vivo, e em outros eu posso nem ter nascido.
Alguns cientistas acreditam que as partículas subatômicas se movimentam no tempo,
aparecendo em todos os lugares, fazendo assim o universo se dividir em mais.
Pensar que pode existir mais dimensões além da que conhecemos
está além da minha compreensão, assim como o infinito e diversas outras coisas.
Mas é algo pra se pensar, porque sendo assim,
enquanto estou aqui em frente ao computador postando esse texto,
posso estar em outro universo paralelo com a garota que amo, olhando as estrelas,
como sempre desejei, mas nunca tive coragem.
pelo menos não nesse universo.

7 comentários:

Daniel disse...

Não sou muito bom nessas paradas aee de universo não,Rafa!Acredito sim que tudo tem um porquê e que assim como acontece nas novelas(coisa ki adoro)um dia tudo será esclarecido em relação a tais universos paralelos!Mas quanto a coragem para se estar com a pessoa amada...putzzz luta ai irmãOOO,ce consegue pô!

=D

Rafael disse...

Pois é,eu acho meio confuso tudo isso,ainda é apenas uma teoria,mas confesso que é muito interessante,por isso postei.
Muito obrigado pelo comentário!

Thiago dos Reis disse...

vou cantar o hino do flamengo.

Uma vez flamengo, sempre flamengo
flamengo sempre eu hei de ser,
é meu maior prazer vê-lo brilhar, seja na terra, seja no mar.

Beleza.

Vou cantar uma paródia:

Uma vez pipoca, sempre pipoca
pipoca sempre eu hei de ser,
é meu maior desprazer, vê-lo se amedrontar,
seja nesse universo, seja em outro.

A paródia é sua versão do hino. SEM PIPOCAR MEU CHAPA!

Rafael disse...

entendí oque você falou
Obrigado

Rafael disse...

alias,bela paródia hehe

Thiago dos Reis disse...

estou rindo.

Rafael disse...

rindo de que?

metrópole

metrópole
Estava chovendo lá fora

Preocupação com simetria, exatidão, ordem, seqüência ou alinhamento